sao joao assu

A virtude da gratidão!

Patrício Júnior

            Hoje, dia 04 de julho de 2022, segunda-feira, escreverei um texto com poucas palavras!  Acordei assim com essa vontade enorme de falar pouco e escrever o mínimo possível e deixar que o meu silêncio seja maior do que as linhas que, normalmente, ocupam uma lauda ou um pouco mais quando estou escrevendo para essa Coluna.

            Eu costumo dizer que o silêncio é mais do que ouro: é, na minha concepção, a verdadeira mina em que abriga, esconde o ouro silencioso que nos faz parar, refletir e nos remete a analisar o contexto, o cenário em nossa volta.

            A simples observação do tempo e das muitas ações que estão ocorrendo, nesse momento, merece um pouco de silêncio, um pouco de introspecção de vez em quando, ou seja, é a chance de calar no momento certo e, com isso, entender melhor o que se passa.

            Certamente, se fizermos alguns instantes de silêncio o rádio não vai parar de tocar o “sucesso” do momento; as emissoras de televisão estarão oferecendo seus programas e os e-mails continuarão abarrotando as nossas Caixas de Entrada.                                       As pessoas estarão nas ruas; o comércio estará funcionando normalmente; as escolas com suas salas cheias de alunos e seus professores mal dormidos por causa do feriado dos dias anteriores.  Os hospitais recebendo e tratando seus enfermos; a polícia estará nas rondas; os malfazejos planejando atacar as suas vítimas; os políticos politicando; os desempregados zanzando; os motéis funcionando; a feira-livre delirando de cores expostas; os casamentos em crise; os divórcios amontoando-se nos cartórios; as pessoas casando com a esperança; os olhares paquerando; as marés continuarão enchendo e secando nas praias; a falta de dinheiro; os canalhas de plantão nas esquinas; o mendigo implorando! O juiz julgando; o padre celebrando; o prefeito executando; o Congresso sorrindo de nós; o dente cariando; as covas sendo abertas nos cemitérios; o bêbado enchendo a cara; o traficante aguardando os usuários; a mulher da vida retocando o batom…….  e a vida pedindo um instante de silêncio pela virtude da gratidão!

            E a gratidão de mãos dadas com o silêncio que inteligentemente apenas observa, observa e observa!

anuncie

design grafico