sao joao assu

Assú assiste partida com oposição fragilizada e prefeito como craque do jogo

Passados 52 dias desde que venceu o processo no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Gustavo Soares não apenas assegurou seu mandato como Prefeito de Assú até dezembro de 2024, como reverteu o placar no campo político ao recrutar novos aliados para seu time.

Enquanto o prefeito turbina seu grupo e amplia sua escalação, a oposição demonstra dificuldade para estruturar frentes de atuação contra o governo de Gustavo. Não existe consenso sobre qual tom adotar, nem quais críticas aplicar. Como cobrar uma gestão com 78,2% de aprovação? Agora em minoria, a oposição perdeu espaço e protagonismo no legislativo e tem Ivan Júnior como um líder político na lateral direita sem mandato e atualmente isolado.

No dia 31 de janeiro, vereadores da oposição se encontraram na Câmara Municipal. Um interlocutor havia relatado ao blog Rabiscos do Samuel no dia que “o grupo estava cada dia mais unido”. De lá pra cá, a união não se confirmou na prática e o vereador Waldson Bezerra e a vereadora Beatriz Rodrigues desembarcaram do grupo.

Desde o início de janeiro, a vereadora Delkiza Cavalcante já havia saído da oposição e ido para o governismo. Na mais recente adesão, o jovem Paulinho do Acredito foi confirmado no dia 25 de março, como o novo reforço do Prefeito Gustavo Soares para sua base política.

Na lateral esquerda, a vice-prefeita Fabielle Bezerra tem se mantido linear e não tem cumprido com a função de fechar os lados da linha de defesa. Ao não se impor como uma liderança de oposição com mandato e com ainda três vereadores ao seu lado, se resume a participação em eventos públicos e uma exposição segmentada nas redes sociais. Com a ausência de uma figura que lidere a oposição, que esteja disposta a aglutinar e partir para o tudo ou nada na tentativa de se fortalecer e agregar, as articulações lideradas pelo Prefeito Gustavo foram exitosas.

A conclusão até agora é que toda reconfiguração política está favorável ao prefeito e ao seu sucessor. Lula Soares, principal nome para a sucessão de Gustavo e por diversas vezes subestimado pelos oposicionistas de que seria um candidato que não decolaria, se encontra bem posicionado no meio do campo, cercado de uma formação tática bem estruturada, com volantes, meias, zagueiros e atacantes dispostos a lutar pelo seu nome e direciona-lo até o gol.

anuncie

Reges - Sites para prefeituras