sao joao assu

colunista

Laurence Amorim: de aliado a perseguido por Alysson

 

O presidente da Câmara municipal de vereadores de Mossoró protagonizou mais um capítulo da novela em que se tornou o fim da parceria entre ele e o prefeito municipal, Allyson Bezerra e que vem rendendo diversas acusações para os dois lados.

Os espectadores da política potiguar têm assistido, atônitos, a batalha de versos sobre as dívidas do poder público mossoroense; de um lado o presidente da Câmara acusa o executivo de não fazer os devidos repasses de verbas, enquanto o prefeito afirma que é o legislativo que tem uma dívida com a prefeitura.

 

O mais recente capitulo dessa novela ficou a cargo das declarações feitas por Laurence durante uma live nas suas redes sociais de que Alysson o estaria perseguindo: “Até semana passada eu era um aliado, eu era um bom gestor, eu era uma pessoa que estava ajudando e do dia para a noite tudo isso mudou, eu passei a ser atacado, tanto como minha família, meus amigos, pessoas próximas a mim, muitas delas que eu que levei para apoiar o atual gestor de Mossoró, que estão sendo pressionadas a sair de perto de mim.” Afirmou o presidente da Câmara.

 


MAIS NOTAS

Desgaste do Desgaste do Governo

Mesmo com números de pesquisas mostrando um desgaste da imagem de Fátima Bezerra, Governadora do RN, várias campanhas ao interior do interior do Estado estão apostando na imagem da Federação formada pelos partidos PT, PV e PCdoB.

 

Corrida Maluca

A disputa pela vaga de vice na chapa de que será encabeçada por Lula Soares, em diversos aspectos, parece o desenho da hanna-barbera, Corrida Maluca, muitos corredores com perfis diferentes e estratégias mirabolantes tentando ganhar posições. Só precisamos saber se terá um Dick Vigarista (Vilão da estória).

 

Por outro lado

Já que estamos falando de desenho, a oposição, que não consegue decolar e acaba criticando os números de todas as pesquisas também parece uma produção do mesmo estúdio; quem se lembra de Lippy e Hardy, onde um dos personagens sempre se queixava dizendo: “Oh! céus, oh! vida, oh! azar.“.

 

Por Tibério Guedes

anuncie

ar
Governo Assembleia Legislativa