RN Governo - Agosto

Ministro da saúde alega problemas de saúde e pede para deixar ministério

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, comunicou ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que está com problemas de saúde e pediu para deixar o ministério. A informação foi publicada pelo jornal O Globo e confirmada pelo UOL.

Bolsonaro reuniu-se na tarde de hoje com a cardiologista Ludhmila Hajjar, do Incor e da rede Vila Nova Star. A profissional é uma das cotadas para assumir o Ministério da Saúde na vaga Pazuello.

Pazuello está pressionado no cargo por conta do pior momento da pandemia vivido pelo país, do retorno do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao tabuleiro eleitoral e devido ao cronograma incerto de chegada de vacinas contra a covid-19.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a cúpula do Legislativo crê que o ministro faltou com a verdade em documento enviado ao Congresso sobre a previsão de vacinas e vê justificativa para a demissão de Pazuello. No ofício enviado à Câmara e ao Senado, o ministro negou mudanças e bancou as 38 milhões de doses previstas para março mesmo depois de reduzir o cronograma de vacinação em cinco oportunidades.

anuncie

Reges - Sites para prefeituras