Polícia Militar e estudantes do IFRN entram em confronto durante protesto

Para aproveitar o simbolismo do “Dia do Estudante” alunos do Instituto Federal do Rio Grande do Norte, tentaram fazer um protesto na sede da unidade que fica situada na Capital do Estado, com a intenção de solicitar uma reunião com Josué Moreira, reitora da instituição.

O problema começou quando o reitor decidiu se recusar a receber os manifestantes e acionou a Polícia Federal que usou de diversos artifícios, como Gás de Pimenta para dispersar a multidão, o que acirrou os animo entre os grupos gerando tumulto e confronto entre os grupos.

O confronto tomou maiores proporções quando vídeos foram explorados nas redes sociais, logo em seguida, a governadora, Fátima Bezerra, PT, manifestou apoio aos alunos e determinou o afastamento  do PM que conduziu a operação. “Logo que tomei conhecimento do lamentável ocorrido hoje, no IFRN, acionei o coronel Araújo, e o cmte [comandante] da PM, cel Alarico, e determinei prioridade na apuração do episódio. O PM que conduziu a operação será afastado das atividades operacionais até q a investigação seja concluída”, escreveu Fátima.

anuncie

ar