sao joao assu

Produção de contratos de partilha de petróleo sobe 6,2% em maio e a de gás, 20%

A produção média dos contratos de partilha de produção em maio atingiu 819 mil barris por dia (bpd), 6,2% na comparação com abril, sendo o campo de Búzios, no pré-sal da bacia de Santos, responsável por quase 50% do resultado. Do total, a União teve direito a uma parcela de 45,7 mil bpd, um volume recorde e 32% maior do que o registrado no mês anterior, informou a Pré-Sal Petróleo (PPSA).

A parcela da União é decorrente dos contratos de Mero (31,5 mil bpd), Búzios (5,6 mil bpd) e Entorno de Sapinhoá (4,6 mil bpd). De acordo com o Boletim Mensal dos Contratos de Partilha de Produção, divulgado nesta quarta-feira (12), na média geral os campos que mais produziram em maio foram Búzios (398 mil bpd), Mero (208 mil bpd) e Sépia (99 mil bpd). 

Em maio, o aproveitamento comercial de gás natural foi de 2,4 milhões de metros cúbicos por dia (m³/dia) em três contratos, sendo a maior parte de Búzios (2,2 milhão de m³/dia), cerca de 20% maior em relação ao mês de abril.

anuncie

design grafico