PMA Outubro Rosa

Qual é o saldo dos primeiros 10 dias do governo Remo em Ipanguaçu?

Nesta sexta-feira, 07 de abril, completou 10 dez dias que Remo Fonseca (PP) tomou posse como o novo Prefeito de Ipanguaçu\RN. Eleito por uma diferença de 29 votos na eleição suplementar que ocorreu no município no dia 05 de março, o mandatário reúne maioria na câmara municipal com apoio de 7 dos 11 vereadores, conta com o apoio de dois deputados estaduais, Dr. Kerginaldo (PSDB) e George Soares (PV), mantém o ar de mistério sobre possíveis mudanças no primeiro escalão do governo e adota as primeiras medidas administrativas para se inteirar do cenário que recebeu da organização governamental.

A primeira alteração sentida em Ipanguaçu foi a mudança de endereço do gabinete do prefeito. Remo se deslocou para o prédio que se situa ao lado da Secretaria de Educação e Cultura, localizado no centro da cidade. Ele já começou a atender os populares no local e existe a expectativa de que todos os demais setores da Prefeitura Municipal sejam transferidos para o novo espaço, abrindo mão da localização que pertence a Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes e onde ainda funciona setores importantes da administração pública.

Nos bastidores da cena política, essa decisão de Remo é vista como positiva pela maioria dos aliados, que acreditam que o gestor passa uma boa imagem ao resgatar e ocupar os prédios públicos e entregar os pontos privados que eram alugados a prefeitura por valores exorbitantes.

Neste percurso com mudanças iniciais, há também desafios e incertezas. Remo já tem conhecimento do sucateamento da frota de veículos da prefeitura, das contas em atraso envolvendo fornecedores e do quadro de obras paralisadas. Em meio a isso, existe a incógnita sobre a manutenção da equipe de governo.

Com exceção da Secretária de Assistência Social, os demais titulares da antiga gestão interina se mantém em seus respectivos cargos. Mas já é dado como certo internamente, que o secretariado passará a ser ocupado por novos nomes após o chefe do executivo observar e finalizar essa fase de alinhamento e reorganização do poder municipal.

Já exercendo a caneta como Prefeito, Remo nesses primeiros 10 dez dias reuniu os colaboradores na prefeitura, participou da primeira reunião administrativa com membros da secretaria de educação, visitou as instalações da secretaria de assistência social e conheceu a equipe do departamento, nomeou um novo pregoeiro, iniciou seu atendimento ao público na segunda-feira (03) atraindo inúmeras pessoas e montou uma coordenadoria de proteção e defesa civil, para monitorar e efetuar ações em razão do período chuvoso na região, que gera preocupação na população em face do Açude da comunidade de Pataxó.

Remo começa seu governo com saldo positivo. Conta com o respaldo da classe política local e da população em geral, não se precipita em anunciar ou prometer grandes feitos neste curto espaço de tempo, demonstra ter uma base fidelizada até aqui e assiste uma oposição que tenta reunir forças com Jefferson Santos e Thales Marinho, mas que se encontra desarticulada e sem um líder no momento após o resultado apertado das urnas.

anuncie

Reges - Sites para prefeituras