PMA Outubro Rosa

Reta final para recadastramento

Eleitores de Assú aproveitam reta final para realizar cadastramento, emissão de título e transferência de domicílio eleitoral

O mês de maio está se aproximando e a Justiça Eleitoral alerta o eleitor sobre prazos importantes que devem ser cumpridos para participar das Eleições Gerais 2022, marcadas para acontecer no dia 02 de outubro. O dia 04 de maio é a data-limite para emitir, ou regularizar o título para votar em 2022 é essa, véspera do fechamento do cadastro eleitoral, previsto em lei.

Débora Camila tem 17 anos de idade e vai votar pela primeira vez em 2022. Ela destaca a importância da juventude se envolver no processo eleitoral.

“Devemos ser conscientes da importância do voto e da nossa participação enquanto jovens nas eleições. Fazer parte desse processo é indispensável para um país melhor”, opinou.

Para Adla Juliana participar da eleição vai além de saber em quem vai ou não votar.

“Não é somente sobre em quem a gente vai votar ou não. É isso também. Por isso a participação da juventude. Nós somos o futuro. É uma grande oportunidade de propor e debater sobre o que importa na nossa sociedade. Temos o direito ao voto e podemos usar esse direito para buscar o melhor para todos nós”, disse.

No próximo dia 04 também será concluído o prazo para transferência do domicílio eleitoral. Maria Aparecida aproveitou esta sexta-feira, 29 de abril para realizar o procedimento. Ela deixa de votar na 29ª e se torna eleitora da 54ª Zona Eleitoral.

O segundo prazo também diz respeito ao 4 de maio. As presas e os presos provisórios bem como as adolescentes e os adolescentes internados que não têm inscrição eleitoral regular na unidade da Federação onde estão têm até esse dia para se alistar ou solicitar a regularização da situação eleitoral para votar nas Eleições de 2022. Esse processo deve ser feito via revisão ou transferência do título eleitoral.

Já no dia 15 de maio, começa a arrecadação de recursos por financiamento coletivo, também conhecido como crowdfunding ou “vaquinha virtual”. A partir dessa data, é facultada às pré-candidatas e aos pré-candidatos a arrecadação prévia de recursos nessa modalidade, ficando a liberação de recursos por parte das entidades arrecadadoras condicionada ao cumprimento, pela candidata ou pelo candidato, do registro de candidatura, da obtenção do CNPJ e da abertura de conta bancária.

Criada pela Lei nº 13.488/2017, esta será a terceira vez que a modalidade poderá ser utilizada no processo eleitoral brasileiro. Já houve financiamento coletivo nas Eleições Gerais de 2018 e nas Municipais de 2020. Para saber mais sobre o tema, confira matéria publicada no Portal do TSE.

Outro dia importante de maio para ficar no radar é o 31, prazo para que todas as federações que pretendam participar das Eleições 2022 tenham obtido o registro dos respectivos estatutos na Corte Eleitoral.

Rogério Torres é o chefe do cartório da 29ª Zona Eleitoral. Ele reforça que para ficar por dentro de todos os prazos das Eleições 2022, o eleitor pode consultar o Calendário Eleitoral 2022 no Portal do TSE. A página reúne as principais datas, facilitando o acesso de candidatas e candidatos, eleitoras e eleitores e partidos aos prazos a serem cumpridos. O material traz, mês a mês, os principais eventos e informações relacionados às eleições deste ano.

anuncie

Reges - Sites para prefeituras