RN é o 3º estado do Nordeste com maior percentual de inadimplência

Entre agosto e dezembro de 2023, o Rio Grande do Norte registrou 13,8 mil novos inadimplentes, o que resultou em uma alta de 1,21% no número de negativados no Estado neste período. Os dados são da Serasa e apontam 1,146 milhão de inadimplentes no último mês do ano passado, ante 1,132 milhão em agosto. Apesar do cenário, quando considerados apenas os meses de novembro e dezembro de 2023, houve uma redução de 2,28% no quantitativo (em novembro, o Estado contabilizava 1,173 milhão de negativados). O RN, de acordo com os dados, é o terceiro estado do Nordeste com maior percentual de inadimplência (41,82% da população adulta), atrás apenas do Ceará e de Pernambuco.

Segundo a Serasa, 45,71% da população adulta cearense está inadimplente, seguida dos pernambucanos, com índice de 43,57%. O Piauí registra o menor percentual de todo o País (33,47%). Em comparação com a média do Brasil, cuja inadimplência atingiu 43,35%, o Rio Grande do Norte apresentou desempenho melhor em dezembro. No mês, foram registrados 3,383 milhões de dívidas no RN, número menor do que o de novembro (3,470 milhões), mas ainda acima de agosto (3,327 milhões). Os gastos com banco e cartão de crédito estão no topo do endividamento e da inadimplência entre os brasileiros e correspondem a 28% das causas relativas às pendências financeiras.

“É importante esclarecer que há uma diferença entre endividamento e inadimplência. Uma pessoa inadimplente está negativada, mas o endividado, não necessariamente, porque pode se tratar, por exemplo, de uma dívida que já prescreveu. No entanto, as causas para os dois são basicamente as mesmas”, explica Marcus Vinícius Luz, especialista da Serasa. Em segundo lugar, estão as chamadas ‘utilities’, que são contas como as de água e luz. Estas correspondem a cerca de 24% das razões de endividamento no Brasil.

Já no RN, as maiores causas das pendências para os consumidores são os custos com bancos e cartões de crédito (34%) e compromissos com financeiras (24%). A Serasa lançou uma iniciativa exclusiva para o Nordeste nesta quinta-feira (15), com ofertas que garantem descontos de até 90% para renegociação de dívidas. A expectativa é tentar reduzir ainda mais o número de negativados na região.

De acordo com Marcus Vinícius Luz, especialista da Serasa, os dados recentes, que indicam queda de inadimplentes no Rio Grande do Norte, podem estar relacionados a ações como o Feirão Limpa Nome, da própria plataforma, além do programa Desenrola Brasil, do Governo Federal. Com isso, ele acredita que é possível que os números sigam em redução. “De novembro para dezembro, quando foi observada essa queda, as pessoas recebem 13º e têm sempre aquela perspectiva de começar o ano com o nome limpo” diz.

“Essas questões comportamentais, somadas às iniciativas de renegociação realizadas em 2023, contribuíram para os últimos resultados. Hoje, tanto a Serasa quanto o Governo têm ações importantes para reduzir a inadimplência. Claro que a questão econômica e de desemprego do País influencia, mas eu acredito que as iniciativas vão ajudar”, afirma Luz.

Entenda como acessar as ofertas de negociação

Marcus Luz explica como o consumidor pode ter acesso às ofertas, as quais incluem também aquelas inseridas no programa Desenrola Brasil, com quem a Serasa firmou parceria. “Basta que o devedor entre pelo nosso site ou aplicativo. Ele baixa o app e faz o cadastro com o próprio CPF. Se já for cadastrado, o usuário precisa apenas fazer o login e, na sequência, clicar em ‘Negociar Dívidas’. Na aba ‘Minhas Dívidas’ ele vê todas as ofertas disponíveis”, detalha.

“Então, é só selecionar a conta que quer negociar e definir se quer pagar no boleto ou pix. O devedor escolhe a data de vencimento, se quer pagar à vista ou parcelado, fecha o acordo e realiza o pagamento no banco de preferência ou no caixa eletrônico”, completa. No caso de adesão ao programa Desenrola Brasil, o acesso é feito da mesma forma, via aplicativo da Serasa. As ofertas, neste caso, estão identificadas com a logomarca do programa.

Ao clicar nela, o consumidor vai entrar no sistema do Governo Federal e fazer a negociação. “A regra do programa não muda. A parceria, que já está valendo, foi firmada para trazer mais facilidade ao consumidor. São mais de 88 milhões de brasileiros cadastrados na plataforma da Serasa. Muita gente está acostumada com o nosso app e é mais fácil utilizá-lo, por isso, a parceria”, relata Marcus Luz.

Parceria com a Cosern
A Serasa também fechou parceria com a Neoenergia Cosern, no rol da iniciativa de renegociação de dívidas no Nordeste, para oferecer descontos aos consumidores que querem sanar as pendências com a distribuidora. O acesso também é feito pela plataforma da Serasa. “A Neoenorgia Cosern é a sexta maior distribuidora de energia elétrica do Nordeste em termos de clientes e a quinta maior em volume de fornecimento. Nesse aspecto, a parceria é crucial”, comenta Marcus Vinícius Luz, da Serasa.

Os descontos, segundo ele, chegam a 90%. “É uma ótima oportunidade para quem quer limpar o nome”, pontua. O consumidor deve seguir o passo a passo no aplicativo da Serasa e buscar pelas ofertas da Neoenergia Cosern. As negociações também podem ser feitas nas agências dos Correios. A iniciativa com os descontos, tanto no caso de inadimplência junto à Cosern quanto junto a outras empresas, segue até o próximo dia 29.

Panorama
Número de inadimplentes no RN – agosto a dezembro de 2023
Agosto: 1.132.817
Setembro: 1.135.574
Outubro: 1.138.072
Novembro: 1.173.439
Dezembro: 1.146.617

Percentual de inadimplentes no Nordeste (População adulta em dezembro de 2023)
CE: 45,71%
PE: 43,57%
RN: 41,82%
SE: 41,07%
AL: 39,48%
BA: 39,07%
MA: 37,80%
PB: 37,31%
PI: 33,47%

Número de dívidas no RN
(De agosto a dezembro de 2023)
Agosto: 3.327.475
Setembro: 3.367.352
Outubro: 3.379.824
Novembro: 3.470.157
Dezembro: 3.383.950

Fonte: Serasa

anuncie

ar