RN Governo - Agosto

Treinamento de agentes censitários do IBGE tem prosseguimento até dia 17 em Assú

Em Assú mais de 20 agentes censitários estão sendo treinados pelo IBGE com vistas a desempenhar o trabalho de pesquisa por ocasião do Censo Demográfico 2022, o mais completo levantamento sobre a população brasileira que terá desdobramento de agosto a outubro.

De acordo com Marcos Aurélio que é coordenador censitário de Subárea do Censo Demográfico, o treinamento está acontecendo no interior do Campus da UERN no município e terá prosseguimento até o dia 17 de junho em curso com pausa aos finais de semana.

“A gente está fazendo treinamento central do Censo Demográfico repassando todo o conteúdo que eles irão repassar para os recenseadores que são as pessoas do IBGE que vão passar de casa em casa para coletar as informações em todo o país. Estamos treinando 22 agentes censitários entre agentes municipais e agente supervisor”, ponderou.

Marcos Aurélio esclareceu que “o Censo traz informações vitais para o desenvolvimento do país levantando informações precisas e atuais da sociedade” em áreas como “educação, trabalho, rendimento, moradia, saneamento básico, cor, raça entre outras que são consideradas imprescindíveis para o andamento de políticas públicas e o desenvolvimento privado das cidades”.

O propósito do Censo Demográfico é fazer uma espécie de radiografia da população brasileira ajudando a explicar quantos somos, como somos e como vivemos. Mas para que esse Raio-X seja o mais próximo possível da realidade é preciso que os questionários de coleta sejam eficientes. Segundo matéria do portal Brasil 61, o questionário básico do Censo vai ajudar a entender, quais as características dos mais de 70 milhões de domicílios brasileiros que os agentes do IBGE irão visitar e, também, de seus moradores. Essa pesquisa terá 26 perguntas, divididas em 10 blocos. O morador deve levar de cinco a dez minutos para responder a todas as questões.

Já o questionário de amostra vai trazer um aprofundamento maior de questões abordadas no questionário básico, como características do domicílio, nível de escolaridade, trabalho e renda, por exemplo. Esse instrumento de coleta também vai abordar temas não tratados no outro questionário, como se as pessoas são casadas, a religião delas, se há moradores com autismo ou deficiência, deslocamento e migração.

anuncie

Reges - Sites para prefeituras